segunda-feira, 9 de maio de 2011

Ah o ócio!



A vida acadêmica interfere até nas tardes ociosas. Esta grande transformação geralmente acontece entre o primeiro e terceiro período. Deixa se de ser um ‘ser pensante’ para ser um ‘pensador’.
Em uma dessas tardes me peguei refletindo sobre este grande paradoxo que é a vida humana. Comecei a questionar. Será mesmo que a desindexação da economia é realmente um fator muito importante? Ou não, as coisas poderiam ser piores! A maxidesvalorização do Cruzado é inversamente proporcional a indexação do Cruzeiro, afinal nossa moeda é Real.
Muitas mentiras nos são contadas ao longo do Ensino médio, mas, agora compondo a classe pensante de nosso país não somos facilmente convencidos.
Os tigres asiáticos, por exemplo, invadiram e saquearam Roma, colocaram fogo em tudo e depois colocaram a culpa em Nero. Tudo isso a mando de um pingüim nazista!
Todos aqueles que participaram das Cruzadas: os ítalo-nipônicos, luso-saxônicos, greco-lusitanos e os hindu-americanos disputavam Helena de Tróia. Grandes imbecis. Mal sabiam que Helena era um Travesty, isso mesmo, um travesty! Nasceu homem e ao longo de sua vida foi adquirindo trejeitos femininos.
Quantas guerras, quantas batalhas nos são impostas e somente através do Letramento Universitário adquirimos a Salvação!

Nenhum comentário:

Postar um comentário